CPA – Comissão Própria de Aprovação

OBJETIVOS GERAIS

Para assegurar o bom funcionamento e o desenvolvimento da Instituição e dos cursos oferecidos, a Faculdade da Polícia Militar – FPM, adota um sistema de avaliação de desempenho institucional que reúne, de maneira objetiva e contínua, os dados e informações quantitativas e qualitativas necessários que, devidamente analisados, alimentam um processo de retroação susceptível de corrigir situações e orientações não desejáveis.

Constituem-se objetivos gerais da Autoavaliação Institucional:

I. Verificar o cumprimento das metas estabelecidas, dificuldades, possibilidades e acertos, como meio de assegurar o alcance da missão institucional da Faculdade da Polícia Militar – FPM nas ações de Ensino, Pesquisa, Extensão, Planejamento e Gestão;
II. Fornecer subsídios, em suas dimensões política, acadêmica e administrativa, para o planejamento e implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI e o consequente aprimoramento da qualidade da formação acadêmica e do cumprimento do papel social da Faculdade da Polícia Militar – FPM;
III. Consolidar o programa de autoavaliação institucional com transparência e envolvimento da comunidade acadêmica e da sociedade, de modo a subsidiar o processo de decisão da Faculdade da Polícia Militar – FPM;
IV. O modelo de avaliação da aprendizagem do aluno deve considerar seu ritmo e sua práxis, levá-lo a aquisição de conhecimentos e desenvolver atitudes, possibilitando-lhe alcançar os objetivos propostos. Mais que uma formalidade legal, a avaliação permite ao aluno sentir-se seguro quanto aos resultados que vai alcançando no processo de ensino-aprendizagem.

OBJETIVOS DA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO

A avaliação das atividades de ensino atende aos seguintes objetivos:

I. Conhecer a relevância dos conteúdos programáticos para garantir a consecução dos propósitos de cada curso;
II. Avaliar a existência da multidisciplinaridade, nas atividades acadêmicas;
III. Avaliar a eficácia do material pedagógico empregado e da metodologia adotada;
IV. Detectar possíveis dificuldades no processo de ensino-aprendizagem, fornecendo feedback, para a tomada de decisões que visem à correção de estratégias e técnicas pedagógicas que não atingem os objetivos acadêmicos definidos pela Instituição;
V. Detectar falhas na comunicação e interação entre docente e discente da Instituição que afetem o processo de aprendizagem;
VI. Monitorar a ação docente em respeito a sua capacidade de despertar a motivação dos alunos integrando-os às atividades de ensino-aprendizagem;
VII. Avaliar a capacidade dos professores de reconsiderar e readaptar de maneira contínua sua ação docente;
VIII. Avaliar o desempenho acadêmico concernente à avaliação da aprendizagem, obedecendo aos dispositivos do Regimento da Faculdade da Polícia Militar – FPM;
IX. Diagnosticar o desempenho individual do discente no processo ensino-aprendizagem;
X. Detectar as principais falhas na preparação acadêmica do corpo discente e na sua participação efetiva nas atividades acadêmicas propostas no projeto pedagógico de cada curso;
XI. Concentrar a sua investigação nos conteúdos, na metodologia, na ação dos tutores e assessores, na estrutura tecnológica e comunicacional utilizada.

OBJETIVOS DA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PESQUISA E EXTENSÃO

A avaliação das atividades de pesquisa e extensão visa:

I. Detectar o grau de envolvimento dos gestores com as diversas atividades de pesquisa e de extensão programadas pela Instituição;
II. Verificar as condições estruturais para implementação de projetos de pesquisa e de extensão;
III. Detectar o nível de participação, quantitativa e qualitativa dos docentes e discentes em atividades de pesquisa e de extensão;
IV. Detectar o interesse e potencial dos docentes e discentes para integrar projetos de pesquisa e extensão;
V. Examinar periodicamente a relevância social das ações desenvolvidas nos projetos de pesquisa e de extensão;
VI. Detectar, nas atividades extracurriculares programadas pela Instituição, insuficiências nas relações com a comunidade e o meio profissional;
VII. Avaliar a capacidade do corpo docente de integralizar os objetivos de ensino/pesquisa/extensão previstos para a Instituição.

OBJETIVOS DA AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PLANEJAMENTO E GESTÃO

A avaliação das atividades de planejamento e gestão tem o propósito de:

I. Diagnosticar a eficácia do planejamento das ações institucionais;
II. Verificar a relevância sócio-econômica do projeto pedagógico de cada curso;
III. Diagnosticar a coerência das ações desenvolvidas, concernentes aos métodos e estratégias de ensino e ao processo de avaliação utilizados, com a proposta pedagógica de cada curso;
IV. Conhecer a viabilidade real dos objetivos estabelecidos em cada curso;
V. Detectar falhas na adaptação da organização curricular e das disciplinas com vistas a mudanças maiores que ocorrerão no contexto dos projetos dos cursos;
VI. Detectar falhas na complementação e na atualização do acervo bibliográfico necessário ao bom funcionamento dos cursos;
VII. Detectar necessidades de melhoria na infraestrutura física da instituição, que garantam o pleno funcionamento de suas atividades;
VIII. Detectar necessidades de equipamentos colocados à disposição dos cursos e das demais atividades acadêmicas e extra-acadêmicas;
IX. Avaliar a qualidade de atendimento nos serviços de apoio, relativos aos setores administrativo-financeiro, para o bom funcionamento dos cursos e dos projetos de pesquisa e de extensão;
X. Verificar a adequação da área de qualificação (titulação, experiência acadêmica e extra-acadêmica) do corpo docente com as disciplinas ministradas;
XI. Verificar a adequação da área de qualificação (titulação, experiência acadêmica e extra-acadêmica) do docente para gerenciar projetos de pesquisa e de extensão;
XII. Avaliar a preparação acadêmico-pedagógica do docente e sua inclinação de capacitação continua;
XIII. Avaliar a qualidade da relação existente entre o corpo docente e técnico-administrativo e a Instituição;
XIV. Verificar as oportunidades e incentivos de qualificação do corpo docente e técnico-administrativo proporcionados pela instituição;
XV. Detectar o nível de satisfação do corpo discente, docente e técnico-administrativo em relação à instituição;
XVI. Detectar os progressos realizados pelo discente ao longo do Curso;
XVII. Avaliar a qualidade da relação existente entre a Instituição e seu corpo discente;
XVIII. Identificar as habilidades conceituais, técnicas e humanas dos discentes adquiridas gradualmente ao longo de cada semestre;
XIX. Acompanhar o perfil ocupacional dos egressos, bem como sua participação em programas de capacitação e de formação em nível de pós-graduação;
XX. Acompanhar o índice de aprovações e de evasões semestrais;
XXI. Identificar o grau de satisfação do corpo discente com seu curso.

 Comentários encerrados no momento, por favor, tente mais tarde.

© Copyright 2015 Faculdade da Polícia Militar | Desenvolvido por Studiogyn - Soluções para web